12
Setembro
2017

O poder dos jogos de tabuleiro

Annaliese Griffin escreveu um artigo  onde relata a sua experiência na Gen Com, uma conferência anual que celebrou este ano a sua 50ª edição e que, pela primeira vez, esgotou.

O autor do artigo encanta-se com o amor que os jogadores têm pelos jogos de tabuleiro e como celebram o prazer de jogar com amigos e família. Enaltece o facto de, apesar do conflito que estes desafios proporcionam, os jogadores divertem-se com isso mesmo quando perdem.

A experiência de partilhar uma experiência na vida real, com outras pessoas, num mundo cada vez mais dominado pela interacção digital, normalmente em redes sociais, transforma-se num vício saudável. Conclui assim, que os jogos de tabuleiro contribuem para as pessoas serem melhores e terem relações pessoais mais satisfatórias.